10 minutos para se perder e uma hora para se encontrar

13 Oct

A vida dá sinais de que a gente às vezes tem que parar, respirar fundo, esperar passar uma hora, um dia, para depois retomar tudo. Hoje muitas coisas tentaram me dar o sinal do stop e a primeira delas foi ter perdido o meu celular-companheiro-vício quando já estava com tudo no carro: cheesecake, sapatos, lista de compras e a vontade de me jogar por São Paulo nesta manhã cinzenta. Ele não estava em lugar nenhum, e aí começaram os meus problemas. Sobe, desce, volta, revira e achei! Quase uma hora atrasada, saio de casa rumo à entrega do Carrot Cake Cheesecake (que parece ter ficado incrível). No meio do caminho me liga a Dani, a dona do segundo cheesecake do dia, para me passar o endereço da casa dela. Parecia tudo muito simples, não fosse a minha fantástica falta de noção com relação ao funcionamento das marginais e a conexão de uma com a outra. Bom, mas antes de tudo, me perdi para chegar na casa da Claudia, a dona do Carrot Cake Cheesecake, casa esta na qual já tinha estado outras três vezes! Segundo sinal do dia! Voltando às marginais… olhei no guia, já que esnobei a oferta do GPS da minha mãe, achei que me entendi, e segui adiante, até que…. fui parar no caminho para o aeroporto de Guarulhos. Tá certo que eu tenho rodinha nos pés e que a minha vontade de viajar é maior que tudo, mas não era bem isso que eu almejava para a minha terça feira que parecia tão planejadinha.

Resultado: levei apenas 10 minutos para me enfiar no caminho errado e uma hora para me encontrar de novo, contando com outro desvio inesperado e muito trânsito na contramão da marginal.

A vida é assim: errar é muito fácil, consertar o erro ou aprender com ele pode levar tempo. Não dá para ficar com raiva do erro e tentar descontar no próximo ou em si mesmo, porque assim o erro passa incolume e só fica a mágoa ou a angústia por tê-lo cometido. O erro tem que ser vivido em sua mais pura e dura realidade, porque é do seu entendimento que vem os acertos do futuro.

Aiai, até parece que eu consigo ser tão serena e tão masoquista assim! Mas fazer o que? O jeito é aprender para não errar de novo.

Ah! Aqui vai a foto do Carrot Cake Cheesecake que, apesar de tudo, chegou são e salvo em seu endereço de destino

carrotcakecheesecake

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: