flores de açúcar, massa de modelar e alfenins

20 Jan

Hoje de manhã fiz minha terceira aula do curso de Decoração de Bolos, uma das minhas determinações de ano novo que já está sendo cumprida. Acontece que muito mais do que aprender a fazer flores e folhas de açúcar (coisas que eu acho lindíssimas) estas aulas estão me trazendo dezenas de lembranças, várias memórias, inúmeras ideias.

Na primeira aula com pasta americana (que não é nem de perto o meu material preferido) foi impossível não me lembrar do quanto as massinhas de modelar foram a válvula de escape da minha criatividade infantil. Como eu sempre fui medíocre no desenho (a casa, o elefante e a menininha que eu desenhava então são os que até hoje fazem parte dos meus rabiscos) eu me dedicava com afinco às figurinhas criadas com massinha colorida que meu pai guardava num pequeno santuário. Tinha bicho, tinha santo, tinha pequenos objetos cotidianos. Junto com as poesias que eu ensaiava escrever, esses eram os meus dotes que meus pais exibiam para seus amigos. E, se bobear, eles ainda andam por aí, escondidos em alguma gaveta secreta do meu pai.

Já nas aulas com glacê real, me apaixonei loucamente pelas flores de açúcar, por sua delicadeza e pela mágica que é fazê-las. Enquanto as flores de pasta americana são feitas com cortadores e forminhas, as flores de glacê saem de sacos de confeiteiro preparados com bicos enigmáticos dos quais saem folhas, flores, talos e miolos. Enquanto na aula de pasta americana foram minhas costas que pediram socorro, na aula de glacê foi a vez da mão, minha querida mão esquerda gritar. De qualquer forma, estas flores também me trouxeram lembranças, talvez mais pelo cheiro e pelo gosto que o glacê tem do que pela forma de fazer. Me lembrei dos alfenins, doces modelados em forma de bichinhos a partir de uma massa delicada de açúcar, água e limão que deve ser manuseada ainda quente com a ajuda de polvilho. Perguntei para a professora sobre eles e ela não os conhecia. Também, pudera, os alfenins fazem parte da cultura da distante Goiás Velho, terra de Cora Coralina e patrimônio cultural da humanidade. Da última vez em que estive na cidade, fui à casa de dona Silvia, a única mulher na cidade que ainda faz o doce e que já leva 50 anos de vida fazendo-o. Lá, comprei meu alfenin, comi, e confirmei o que dizia a minha lembrança: eles são mais bonitos que gostosos – provavelmente o mesmo que acontece com as flores de glacê.

E se as flores que eu estou aprendendo a fazer são mais bonitas que gostosas, isso não importa muito. O que interessa são as lembraças que elas estão me despertando e o quanto elas ficarão lindas em cima dos meus cheesecakes.

Aqui, algumas fotos de flores e alfenins

Advertisements

One Response to “flores de açúcar, massa de modelar e alfenins”

  1. yanna January 20, 2010 at 10:03 pm #

    Olá
    Que legal a aula de flores. Tem muito tempo que tenho vontade de fazer, mas aqui no Chile ainda nao achei gente muito especializada nisso. Por isso fui dando uma de autodidata procurando por aí, videos, livros, etc. Mas ainda nao parei pra me dedicar, só fiz algumas flores de pasta goma e de mazapán. Vou procurar um tempo pra fazer um intensivao e ver se aprendo bem. Tem um confeiteiro que é um genio nisso e tem videos a venda (que sao o olho da cara) se chama Scott Clark, dá pra ver o que ele faz no youtube. Tb achei uma moca no Flickr (Anita Jamal) que faz umas flores maravilhosas e ela conta que aprendeu sozinha também. é verdade que as flores nao tem gosto e as vezes sao até chatas para comer (melhor retirar) mas a beleza que dao realmente fazem com que as lembrancas do que foi comido fiquem guardadas no coracao.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: